A partir de dia 2 de julho, aos cidadãos que venham de Portugal, Reino Unido, Índia ou Federação Russa, ou tenham permanecido no território desses países pelo menos sete dias nas duas semanas anteriores, é exigida a realização à chegada à Ucrânia de um teste antígeno rápido. Em caso de resultado positivo poderá ser recusada a entrada do viajante no país. Caso se trate de um cidadão estrangeiro com autorização de residência ou de um cidadão ucraniano, estes deverão ficar em isolamento profilático ou em observação médica em local a determinar pelas autoridades.

  • Partilhe